'Sortudo', MC Leozinho ainda faz todo mundo dançar

0 comentários

O cantor estourou depois de Ronaldo, o Fenômeno, parar uma entrevista coletiva para atender o celular.

Poucos são os que não se lembram da música, quase chiclete, que fez muita gente gostar de funk, há dez anos. O hit “Se Ela Dança, Eu Danço”, do MC Leozinho, era uma trilha praticamente obrigatória nas festas do momento.

O cantor estourou depois de Ronaldo, o Fenômeno, parar uma entrevista coletiva para atender o celular. O toque era a música do funkeiro. 

Engana-se quem pensa que o MC que emplacou o grande sucesso anda sumido. Leozinho, agora com 38 anos, continua se dedicando ao funk, mas já abriu exceções para viver experiências em uma atividade para lá de diferente.

Ele participou do quadro “SuperChef Celebridades”, do programa “Mais Você”, na  Globo. Lá,  colocou a mão na massa. O esforço, no entanto, teve um ponto negativo:  “A minha mulher nem quer chegar perto da  cozinha mais. Sobrou para mim (risos)”,  brincou o cantor, que lembrou com tristeza o dia em que foi eliminado ao disputar a vaga com Fiuk, no fim de agosto. “Queria ter ido para a final, pelo menos”, disse.

O carioca afirmou que a sorte sempre andou ao seu lado. Depois do primeiro sucesso,   algumas músicas de sua autoria foram temas de novelas da globo. “Escrevo letras pensando em possíveis personagens”, contou, revelando a estratégia. A da vez é “Patricinha da Favela”, tema de Mari (Bruna Marquezine) em Paraisópolis.

Já “Toda Gostosa”, de “Salve Jorge” (2012),  foi uma das mais comentadas depois que o vídeo de uma garotinha  viralizou na internet. Nas imagens, a menina se empolga ao dançar a música, deixa um forno cair e é surpreendida por outra criança, que diz: “Eita, Giovana!”.

“A Giovana do forninho estava cantando a minha música no vídeo. Isso bombou e todo mundo lembra da minha música como a música do forninho”, contou Leozinho.

Mesmo após o sucesso, o funkeiro não esquece as origens e a necessidade de ajudar o próximo.  “Espero que as oportunidades se multipliquem em nossa sociedade. Temos de dar esperança para os que não têm”, afirma.

Musa inspiradora

MC Leozinho contou ao DIÁRIO que, ao curtir uma festa, na praia, conheceu uma moça que não levantava para dançar de jeito nenhum. Interessado na garota, Leozinho pediu para o DJ tocar um funk, que a fez  descer até o chão. “A moça dançou bastante, mas eu nem fiquei com ela, nunca mais a vi. Isso me inspirou a escrever a história. Fiz a música (‘Se Ela Dança...’)  para uma mulher que mudou minha vida”, disse o funkeiro.

Colegas de trabalho

Feliz com o sucesso do funk, Leozinho afirmou que admira o trabalho de outros cantores que, assim como ele,  conquistaram espaço na mídia.  Ele destacou seus prediletos: “A Anitta é um fenômeno. O Naldo arrebenta. O Guimê está  estouradão. Que venham muitos outros”.

Fonte: Diariosp.com.br

Comentários