Show de Anitta, Ludmilla e MC Guimê proíbe uso de boné e moletom em MG.

0 comentários

Casa de shows em Divinópolis proibiu uso de diversas peças no evento. Assunto viralizou na web; G1 aguarda retorno de organização e músicos.

Anúncio em página de casa de shows informa sobre proibição de peças de vestuário e internautas comentam (Foto: Facebook/Reprodução)

Os fãs de Anitta, Ludmilla e MC Guimê que compraram ingressos para os shows deles no dia 21 de novembro na casa de eventos Arena Hangar, em Divinópolis, tiveram uma surpresa nesta segunda-feira (16). A organização anunciou que é proibido entrar no show usando boné, touca, boina, bermuda, camisa de time, chinelos e moletom. Procurada pelo G1, a direção do espaço, que já recebeu outros shows de funk sem a proibição, ainda não respondeu sobre os motivos dos vetos.

A assessoria de imprensa do cantor MC Guimê informou ao G1 que o artista não comenta a decisão adotada pela casa e que ela pode ser aplicada somente ao público. A Rodamoinho, representante da cantora Anitta, informou que desconhece tais proibições e que entrará em contato com a casa de shows. A assessoria de imprensa da cantora Ludmilla ainda não respondeu.

Tão logo foi publicado na página da casa de shows em uma rede social, o comunicado passou a ser compartilhado e comentado por várias vezes. Até as 16h desta terça-feira (17) havia recebido 210 curtidas e sido compartilhado por 239 usuários. 

Internauta publicou foto de MC Guimê com terno e gravata: cantor costuma usar peças proibidas em seu show (Foto: Facebook/Reprodução)

As reações foram diversas. "Isso é música de periferia. Você coloca um show com ritmo de periferia, mas não pode ir vestido como alguém da periferia?", questionou um internauta.

"Fracasso garantido", previu outro. Uma internauta escreveu que o evento passou a ser "proibido para as minas e os manos".

Outro visitante da página apostou na ironia ao comentar a proibição. Publicou uma foto de MC Guimê vestido com terno e gravata - trajes opostos aos que o cantor usa em suas apresentações e que estão na lista de proibições dos organizadores de seu show.

"Como assim? Noite de funk e nem de boné pode ir? Primeira casa de shows que vejo isso. Só no interior mesmo, viu", escreveu outro internauta.

"É noite de funk ou de religião? Proibir bermuda? Deviam ter anunciando antes, que eu nem iria. Muita palhaçada", escreveu outra pessoa.

Um usuário da mídia social tachou como "preconceito" a proibição da casa de shows a peças de roupas que são tipicamente usadas por quem mora em favelas, segundo ele.

"Eu ri demais agora. Isso tudo para proibir um certo estereótipo", escreveu outro.

Anúncio em página de casa de shows informa sobre proibição de peças de vestuário e internautas comentam (Foto: Facebook/Reprodução)

O G1 fez contatos por telefone e e-mail com o Arena Hangar em busca de explicações sobre a proibição. Uma das perguntas feitas foi sobre o que acontecerá aos consumidores que compraram ingressos e somente depois foram informados das restrições ao vestuário. Porém, não houve retorno até a publicação desta reportagem.

A assessoria de imprensa do cantor MC Guimê informou que o artista não comenta a decisão adotada pela casa e que ela pode ser aplicada somente ao público. "O artista, no palco, pode usar os acessórios que quiser", acrescentou.

A Rodamoinho, representante da cantora Anitta, informou que desconhece tais proibições e que entrará em contato com a casa de shows para entender melhor o comunicado.

A assessoria de imprensa da cantora Ludmilla ainda não respondeu.

Fonte: G1.globo.com 

 

Comentários