MC Pedrinho é liberado pela Justiça para voltar aos palcos, porém não pode mais usar palavrões nas músicas

0 comentários

Aos 13 anos, o cantor vai recomeçar a carreira focado em letras de superação.

Aos poucos, o polêmico MC Pedrinho ensaia sua volta aos palcos. O funkeiro de 13 anos estava proibido de se apresentar ao vivo desde maio, quando o Ministério Público estipulou que o descumprimento dessa norma acarretaria em multa de R$ 50 mil.

Durante os três meses que o caso do cantor foi julgado pela Justiça, Pedrinho teve tempo para repensar a carreira e criar músicas que se distanciam das letras pronográficas e cheias de expressões consideradas inadequadas para a sua idade. A primeira gravação dessa fase é Menino Sonhador: "Era uma vez um menino sonhador/Orava toda noite para o senhor"

Essa mudança completa de conduta foi motivada pela decisão do Ministério Público, que concluiu um acordo como a família de Pedro Maia Tempester e sua produtora de shows, a GR6

A partir de agora, ele não pode mais se apresentar durante a noite e a madrugada e nem em locais cujo público seja essencialmente adulto (independente do horário)

Os pais terão que acompanhar Pedrinho nos shows e as apresentações só poderão ocorrer com aprovação prévia do Ministério do Trabalho

Dentro de seis meses, o funkeiro e sua equipe terão que provar ao MP que as mudanças aconteceram e serão mantidas. Caso aconteça descumprimento das regras, a equipe será multada em R$ 50 mil por show e R$ 5 mil por vídeo que ainda mantenha as antigas letras do funkeiro, como Dom Dom Dom Sexologia

Juninho Love, empresário de Pedrinho, explica que ainda não tem novos shows agendados, mas que o escritório GR6 prepara uma turnê totalmente diferente para o músico

As novas letras de Pedrinho são influenciadas pela superação, sonhos, romance e religiosidade

Segundo Juninho, esse novo perfil não afasta os antigos admiradores de Pedrinho e das letras pesadas que construíram sua fama

— As pessoas gostam dele independente do que o Pedrinho canta. Ele pode virar cantor gospel que não vai perder a fama e nem os fãs.

A primeira experiência com um Pedrinho mais comportado foi feita na tarde de quarta-feira, 26, com o lançamento deMenino Sonhador no Youtube. Em menos de uma hora, o clipe havia atingido a marca de 30 mil visualizações. No campo de comentários, a repercussão era positiva. "Invista nesse tipo de música, cara. As antigas só faziam muitas crianças cantar sem saber o significado das letras" e "Ai que orgulho do meu loirinho" foram alguns dos comentários

Juninho Love garante que Pedrinho já tem 15 músicas com essa nova temática prontas. Com elas, o funkeiro poderá fazer um show inteiro sem ter que recorrer às antigas letras (que agora estão proibidas)

MC Pedrinho é um dos primeiros funkeiros mirins que apostava em letras pesadas a ganhar popularidade no circuito de shows em São Paulo

Após a Promotoria de Justiça do Estado orientar a proibição de apresentações com funkeiros mirins que fazem apologia ao sexo e ao uso de drogas nas lertras, em março, MC Pedrinho foi retirado da programação de vários shows, como o festival All Black

Para justificar a proibição, a promotoria chama atenção para o "impacto nocivo no desenvolvimento do público infantil e de adolescentes, tanto de quem se exibe quanto daqueles que o acessam"

Fonte: entretenimento.r7.com

Comentários