MC Marcelly faz clipe em homenagem a funkeira assassinada: 'Chorei muito'

0 comentários

'Não se brinca com mulher' faz referência a Amanda Bueno, da Jaula das Gostosudas, que foi morta brutalmente pelo noivo.

A história de Amanda Bueno, 29 anos, - a funkeira do grupo Jaula das Gostosudas, que foi brutalmente assassinada pelo noivo em abril deste ano -, não caiu no esquecimento. Pelo menos não para a MC Marcelly, que era amiga da funkeira e decidiu homenageá-la.  Marcelly acaba de gravar o clipe da música "Não se brinca com mulher", que fala sobre violência contra a mulher e faz várias referências a Amanda.

"Após a morte da minha amiga Amanda Bueno, fiquei muito impressionada e, conversando com os meia amigos Oscar Tintel , Bruno de Holanda e Dalto Max, eles acabaram fazendo a música 'Não se brinca com mulher'. Quase que ela não entra no CD, que já estava pronto! Só que não tinha como não por. Quem assistir ao clipe vai ficar tenso do início ao fim! Eu caí nas lágrimas várias vezes! Chorei muito! Não tenho dúvidas que muita gente vai ver um pouco da sua história nele. Espero poder dar mais coragem às mulheres para denunciarem esses monstros", disse Marcelly nos bastidores do trabalho, que deve ser lançado em breve.

MC Marcelly (Foto: AFAssessoria/divulgação )

Relembre o caso
No dia 16 de abril deste ano, Amanda Bueno, ex-integrante do grupo Jaula das Gostosudas, foi assassinada a tiros dentro de sua casa, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Através de imagens de uma câmera de segurança da casa da dançarina, ficou comprovado que ela foi brutalmente assassinada pelo noivo, Milton Severiano, conhecido como Miltinho da Van. As imagens mostravam ele atirando várias vezes contra Amanda e ainda batendo a cabeça dela no chão várias vezes. Milton foi preso e responde por homicídio qualificado.

MC Marcelly (Foto: AFAssessoria/divulgação )

Fonte: ego.globo.com 

Comentários