MC Bin Laden ensina como começar uma semana "tranquilo e favorável"

0 comentários

 

 

Se os recalcados estão no pé e os inimigos não lhe dão sossego, faça o hang loose e dance do seu jeito. Este é o recado de "Tá tranquilo, Tá Favorável", de MC Bin Laden, novo candidato do funk a se tornar hit nacional.

O refrão onipresente já virou, a exemplo de "Baile de Favela" do MC João, expressão coloquial e hashtag espontânea nas redes sociais. É o recado contra quem só sabe criticar. No caso de Bin Laden, em especial, àqueles que sempre o questionam: "Por que você não vai trabalhar 'de verdade'?".

Com a mesma tranquilidade que ostenta no clipe, em que dança à vontade, sem camisa, no litoral paulista, ele ensina: "Ao invés de mostrar o dedo do meio para essas pessoas, a gente faz o hang loose". O gesto de shaka, popular saudação entre surfistas e praieiros, não à toa conquistou o campeão mundial de surf Gabriel Medina, que postou o mantra no Instagram.

"Eu queria mostrar que a gente continua trabalhando, mesmo com as críticas, que a gente precisa começar a semana tranquila e terminá-la favorável", explica o funkeiro de 22 anos. "Aposto que você também tem uma semana que às vezes não começa tranquila, mas que você quer que termine favorável, não é?". E quem nunca?

Imagem de artista

Dançarino assíduo dos bailes funk da Vila Progresso, em São Miguel Paulista, zona leste de São Paulo, ele criou do zero o passinho --como todos seus sucessos. "Nem sabia que ia gerar isso tudo", observa. "Você vê pessoas de outros gêneros, da TV, que a gente nem assiste, mas que você fica sabendo que estão usando a frase. Atingir esse público com o funk é uma vitória. É um trampo que a gente faz com muita alegria".

O passo já começa a ser copiado nas comemorações nos campos de futebol. Quando o resultado é favorável, é claro. Bin Laden já havia experimentado ver um sucesso seu ganhar outros significados com "Bololo Haha", que fez tanto a cabeça de Diplo e Skrillex quanto dos secundaristas que ocuparam as escolas estaduais no fim do ano passado.

O vídeo de "Tá Tranquilo, Tá Favorável", com 9 milhões de visualizações, também, como diz a letra, "gira postagem, gira comentário". Uma enxurrada de memes tomaram as redes sociais: a frase virou capa de caderno na volta às aulas e o funkeiro apareceu até na página da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), após ter sido invadida. "Tá Tranquilo, Tá Vulnerável", dizia a mensagem dos hackers.

Com os memes vieram às críticas ao seu corpo, mas a barriga à mostra também o fez aproximar de um novo público, que se reconheceu na desinibição do funkeiro. "Recebi muitas mensagens. É legal porque gordinho é sempre motivo de piada na roda. É sempre motivo de bullying desde criança", ele diz. "Hoje em dia para você ser um artista renomado você precisa de uma imagem. A gente mostra que não é bem assim, eu tenho talento. Mostro quem eu sou de verdade".

Não por muito tempo. De olho na viralização rápida e efetiva do funk, a Nike escolheu patrocinar Bin Laden, contrariando sua afinidade com artistas populares para uma audiência mais conservadora, como Seu Jorge e Thiaguinho.

A partir de março, Bin Laden entrará em uma nova fase e vai aparecer cada vez mais usando as roupas da marca. Também faz parte do combinado se exercitar mais. Ele conta que começou a fazer academia para melhorar o fôlego na hora dos shows, mas pretende intensificar. "Vou gravar um 'Tá Tranquilo, Tá  Favorável 2', dessa vez magrinho", ele ri.

Com o funk viralizado, Bin Laden aproveita para surfar na onda dos youtubers --tão próxima dos funkeiros-- e já aposta no seu próprio canal "de zueira", ele define. O funkeiro vai aparecer também em outra websérie em breve, dessa vez da própria produtora, a KL, que vai buscar um novo talento no funk. É 2016 provando que será favorável para Bin Laden.

Fonte:musica.uol.com.br

 

Comentários