"Achei que só cantaria na favela", diz MC Carol, estrela de reality funk

0 comentários

As gravações do programa já acabaram e as participantes ficaram dois meses morando em uma cobertura de luxo em Copacabana.

Com perfil bonachona e sem papas na língua, a cantora de funk MC Carol, de Niterói, é uma das participantes mais espontâneas do reality show "Lucky Ladies", exibido todas às segundas-feiras, às 22h30, no canal Fox Life. A artista de 21 anos ganhou imediatamente a simpatia de Tati Quebra-Barraco, 35, apresentadora do programa e uma das pioneiras do funk carioca. "Me vejo nela", disse Tati que, assim como MC Carol, ficou conhecida por cantar músicas repletas de palavrões e trocadilhos de duplo sentido.

Se no palco a MC Carol se mostra bastante desinibida, na vida real a cantora é tímida. Em entrevista ao UOL, ela disse que está completamente surpresa com a fama repentina que o reality lhe trouxe. "As pessoas me reconhecem na rua e pedem para tirar foto. Eu sempre achei que só conseguiria cantar na favela. Nunca imaginei que outras pessoas iriam se interessar [por mim]. Eu estou em uma fase da minha vida muito feliz, muito mesmo", disse. Além dela, também participam do reality as funkeiras Sabrina, Karol K, Mary e Mulher Filé.

Para se ter uma ideia das músicas de MC Carol, as faixas com letras mais suaves são "Meu Namorado é Maior Otário" e "Minha Avó Tá Maluca". Na primeira ela canta "Meu namorado é maior otário / Ele lava minhas calcinhas / Se ele fica cheio de marra eu mando ele pra cozinha". Na segunda faixa os versos são "Minha avó tá maluca / Tanta coisa pra comprar, ela comprou uma peruca / Deu cento e vinte na peruca / minha casa no tijolo e minha geladeira pura".

Já as mais pesadas são "Liga pro SAMU", Tô Usando Crack", "FDP, Eu Te amo" e "Jorginho Me Empresta a 12". A música mais famosa de MC Carol atende pelo nome de "Bateu Uma Onda Forte". Nela, a cantora conta como, após fumar um cigarro, bateu uma onda forte e ela viu um macaco no poste e um rato dentro de seu short.

Vida pessoal

O primeiro episódio do programa mostrou que o marido de MC Carol é muito ciumento. Em um dado momento, ele perguntou para a cantora porque ela estava colocando roupas sensuais dentro da mala que levaria para a casa do reality. "Ele era pior. Ele melhorou muito", disse. Carol contou que o rapaz está cumprindo pena por ter batido nela e tem que dormir na cadeia. "Ele me bateu. Eu bati de volta. Mulher não vai presa por bater em homem", revelou.

Em outro episódio, MC Carol saiu para fazer compras com Tati Quebra-Barraco, que deu dicas de moda e figurino para a participante. "Ela disse que eu preciso melhorar meu guarda-roupas. Arrumei o cabelo, agora faço maquiagem", explicou. "A Tati é uma pessoa muito doce. Ela cozinha muito bem. Faz arroz, feijão, carne, salada, batata… Ela cuidou da gente na casa. Ela é uma pessoa extraordinária, de verdade", elogiou. "Só não pisa no calo dela".

As gravações do programa já acabaram e as participantes ficaram dois meses morando em uma cobertura de luxo em Copacabana. O relacionamento de MC Carol com as outras participantes, segundo ela, nem sempre foi tranquilo. "Eu fiquei com vontade de pegar de porrada a Karol K. Batemos de frente o tempo todo. Quero que me respeitem. Teve um dia, depois que ela falou umas merdas, que eu mandei avisar que ela não tinha noção do que eu era capaz de fazer", lembrou. "Agora que o programa acabou nós estamos 'tranquilas'".

MC Carol é do funk, mas seus gostos musicais vão além do ritmo carioca. "Gosto de forró brega, da Amy Winehouse, da Nina Simone, do Cartola, de música francesa, da Elis Regina, do Tim Maia, dos Racionais e do Seu Jorge", disse.

O próximo passo da artista é se apresentar fora do Brasil. "Sempre tive vontade de cantar no exterior. Quero ir para o México, para Cancún. Também queria cantar na Argentina. Acho que agora estou mais perto de realizar esse sonho", contou.

Mas se MC Carol é tímida na vida real, nas redes sociais ela se mostra bastante desinibida onde já postou várias fotos de calcinha. "Um site de fofocas viu a minha foto no Instagram e fez uma notinha. Minha avó ficou sabendo e me ligou querendo saber como eles tinham conseguido aquela foto", lembrou. "Acho apenas que a gente tem que ser feliz".

Fonte: midianews.com.br

Comentários