Sabdoy

Knust

Tudo você quis tratar como nada
O mundo não é seu embora você ache
Eu amo e odeio toda essa sua marra
Garota eu não sou sua válvula de escape

Tem memórias sobre nós em toda parte
Às vezes é foda entender que faz parte

Deixo na mão do destino
Cansei de abrir mão das coisas que eu vivo
Pra estar contigo e te ouvir falar
Que não confia em mim embora eu sempre diga

O quanto eu estou contigo até o final
Se fosse por outras eu não estaria mal
Tudo que vivemos foi tão natural
Embora nem saiba mais se foi real

Hoje não precisa mais me ligar
A gente mata a vontade
Espera a saudade falar
E a gente se perder de novo

Linda, há quanto tempo estamos nesse jogo?
Diz que vai embora e some
Eu faço o mesmo e sumo
E uma hora volta como de costume
Pedindo desculpa

Eu não estou por aí te traindo
Só quero um lugar pra respirar sozinho
E às vezes falar comigo
E é sempre sobre o como você não vê o quanto é incrível

Que não passou pela minha mente
Arriscar te perder por causa do momento
Tudo se resolve numa conversa
Sem forçar esses desentendimentos

Tem memórias sobre nós em toda parte
Às vezes é foda entender que faz parte

Knust
Sabdoy

Knust

Knust
Júpiter Dayane

Knust + Cesar Mc + Xamã + Chris

Matuê
De Peça em Peça

Matuê + Knust + Chris

Quando
Música
Sabdoy
Artista
Knust
Tempo
03:00