Vai Baby

Black Alien

Quero mais e melhores blues

Com água sob os pés, sobre a cabeça, céus azuis

Mais e melhores jazz, mais e melhores Gus

Só de tá na busca, eu tô além do que eu supus

Pois ser um ser humano melhor, com brilho no olhar

Te olho, você me olha, se molha, se molha

Vou a pé, vou na fé, no café, mas meu bem

Quando é que você vêm me dar aquele chá?

Vêm que vêm de marcha a ré, descendo, deixa solto

Lugar melhor no mundo eu não conheço outro

Platônico e na prática é ginástica

Atômico, arrepia os cabelinho, é tipo estática

Você se toca, o beat é o Papatinho da Cone

Você se toca quando ouve minha voz assim no fone

Quando você passa, eles deixam o carro morrer

Você me vê passar, me beija, deixa esses cara morrer!


Vai baby, eu vou te esperar e quando voltar

eu vou tá aqui pra ‘cê

Me dá aquele chá, baby eu vou te esperar

e quando voltar, eu vou

Tá aqui pra ‘cê me dá aquele tchau, baby

Eu vou tá aqui pra cê me dá chá baby

Eu vou tá aqui pra cê me dá aquele


Sua pussy sob a minha posse

A língua rasga a rasga, cê devolve, engasga e tosse

Nove meia a gente diverte, inverte quando se move

Se nove fosse meia, meia fosse nove

Seu rosto no meu peito, cheiro no cangote

Gosto do seu jeito, seu gosto, eu sujeito de sorte

Que animal, só no mel, várias luas de

Vários sóis no céu e nós a sós aqui, swell

Se achegue no aconchego, amor

Só chega no chamego, amor

Amor cego igual morcego, amor

Eu capto seu sinal

Me pergunta se eu quero mais

Quero sim, now

Gata, te ouço miar vários miaus' e ais'

Levito quando visito lugares que são tão reais

Quando você passa, eles deixam o carro morrer

Você me vê passar, me beija, deixa esses cara morrer


Vai baby, eu vou te esperar e quando voltar

eu vou tá aqui pra ‘cê

Me dá aquele chá, baby eu vou te esperar

e quando voltar, eu vou

Tá aqui pra ‘cê me dá aquele tchau, baby

Eu vou tá aqui pra cê me dá chá baby

Eu vou tá aqui pra cê me dá aquele

Black Alien
Vai Baby

Black Alien

Quando
Música
Vai Baby
Artista
Black Alien
Tempo
03:00